‘A primeira moto de F1’ – RedBull e BMC unem forças no projeto World’s Fastest Race Bike

Há quatro anos, foi anunciada uma colaboração entre a fabricante de bicicletas suíça, BMC, e a Red Bull Advanced Technologies, a empresa irmã de engenharia de alto desempenho da Oracle Red Bull Racing, da Fórmula 1. O objetivo do projeto era simples e incompreensivelmente complexo ao mesmo tempo, e mais facilmente explicado pelo título do projeto: “World’s Fastest Race Bike”.

O objetivo era utilizar a tecnologia e as ferramentas desenvolvidas pela Red Bull em busca do sucesso na Fórmula 1, combinando-as com a própria experiência da BMC na fabricação de bicicletas.

Hoje, o projeto dá seus primeiros frutos, com este protótipo de bicicleta de contrarrelógio. Ainda não tem um nome oficial, embora ‘Speedmachine’ esteja impresso no tubo superior e seja montável. De fato, será disputado pelo triatleta patrocinado pela BMC, Patrik Nilsson, no Campeonato Mundial de Ironman de 2021 (atrasado pelo COVID) em St George, Utah, neste sábado.

A nova Red Bull x BMC Speedmachine

Não há dados disponíveis, mas certamente parece rápido (Crédito da imagem: BMC)

Infelizmente, os detalhes da moto são escassos. Nem a BMC nem a Red Bull Advanced Technologies forneceram qualquer clareza sobre se foram bem-sucedidas em torná-lo ‘o mais rápido do mundo’. Não há comparações de referência com os exemplos existentes da melhor bicicleta de contra-relógio da BMC, a Timemachine TT, ou qualquer dado.

Leave a Comment